Sente aí meu irmão É uma coisa rara de ver O ano é bom, muito bom Estou feliz podes crer
A história de Dinorah você encontra em: DINORACOMAGANOFIM: Muito Prazer! Dinoracomagánofim.



Dinorah

Dinorah

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Compras na Cidade Grande

Sábado acordamos, eu e marido, às cinco da manhã, pegamos o ônibus das sete. Um bom ônibus, uma boa estrada, uma paisagem das mais lindas e um milhão de paradas. Após 3 horas, para percorrer 100 km, chegamos ao destino – A Cidade Grande!
O marido achou melhor descer em numa parada antes da rodoviária, para passearmos um pouco pelo comércio extra-xópin. Achei que não tinha sentido, mas concordei, estava feliz e muito zen. O ônibus parou em frente a uma floricultura e quase que caio sobre inúmeras mudas de gerânios pendentes! Estou louca por eles há quase um ano! Felicidade! Mais uma vez confirmei que devo confiar no meu Anjo da Guarda. Nenhum de nós dois imaginava a existência de uma floricultura naquele local, muito menos que encontraríamos os benditos gerânios! Comprei, deixei-os guardados para buscar na volta.
Rumamos para o templo de consumo. O xópin estava cheio – véspera de dia dos pais. Adentrei na melhor loja de grife que freqüento nos últimos tempos – marisa. Fiz a feira! Calçolas, sutiãs, calças de malha molinha, por 15 contos, um vestidinho lindo de algodão – é bem difícil encontrar umas roupinhas transadinhas, o manequim UBGUma Barbaridade de Grande – dificulta a parada.
Enquanto comprava roupas, o marido comprava “coisas de computador” .
Fomos para a segunda etapa de compras – tranqueiras em geral. Entramos em uma loja e enchemos um carrinho com potes-com-tampas-que-realmente-fecham. O marido resolveu que precisava muito de um frigideira para fritar um só ovo – o da galinha gente! - coisa de primeiríssima necessidade, segundo ele, e o bendito saca-rolhas-decente. Carrinho cheio, fomos para o caixa. Deus é mais! Uma fila do tamanho de um bonde, que não andava. Me deu os 5 minutos, largamos o carrinho e saímos da loja – ambos desesperados por um cigarro. Fomos lá fora fumar para ver se nos acalmávamos um pouco para enfrentar a próxima fila. (aproveitei e tomei um remédio para a dor nas costas!)
Resumindo, o saca-rolhas, colocamos em três carrinhos e levamos um – por duas vezes abandonamos carrinhos – convenci o marido a abortar a idéia da frigideira, prometi que compraria de algum mascate por aqui. Encerramos a temporada de compras apesar de estar faltando metade da lista. A livraria estava fechada para reforma, o que me deixou muito frustrada, queria muito comprar o livro indicado pela Nina, “Um mundo novo”, de Eckhart Toole. Também não encontrei as “finas ervas” – e olha que eu estava na Cidade Grande!
Comi bombom recheado com cerejas ao rum, comprei licor de chocolate - teremos visitas em breve - pegamos um táxi, apanhamos os gerânios e embarcamos para a Marambaia.
Com uma montoeira de sacolas, plantinhas no meio dos pés, enfrentamos três horas de viagem de volta, das quais, duas foram ouvindo um som altíssimo de um ser mal educado, que ouvia “arrocha” – uma espécie de música que os nativos adoram e, sem dúvida, é a pior e de mais mau gosto do mundo!
Chegamos em casa cansados mas felizes. Largamos as compras e fomos comer pizza. Um lugarzinho lindo, ao som das ondas e dos coqueiros, admirando barquinhos que, atracados na pequena baia, dançavam ao suave movimento da maré. Uma lua cheia enooorrme arrematava o espetáculo.
Deu para entender porque é tão difícil sair da Marambaia?

15 comentários:

  1. Humnm que coisa mais gostosa Dina....
    Aproveitou bastante hein!

    Beijos de saudades

    ResponderExcluir
  2. Amiga, vc é uma linda.

    Te acho mega engraçada... morri de rir com o tamanho da roupa q vc inventou, kkkk

    Uma semana linda pra ti

    Beijos no coração

    ResponderExcluir
  3. Quer dizer que a senhora vai fazer compras e não tem paciência? Haha Eu bem sei como é, já desisti inúmeras vezes de compras por causa das filas, a última que lembro foi justamente na Marisa que vários guichês como também tem a Americanas e só 3 pessoas pra atender muita gente. Além da Marisa, tb gosto da C&A, Renner e afins! Também preciso de um saca-rolhas decente, o meu é daqueles simplezão de parafuso e dependedo da rolha do vinho, tenho que empregar toda a força que há no meu ser, mas só lembro disso quanto estou suando feito um porco selavagem para abrir uma garrafa.

    Depois de uma viagem cansativa, nada como desfrutar de uma bela paisagem. Faz eu lembrar dos meus dias no Nordeste quando eu fazia exatametne a mesma coisa.

    Frigideira para um ovo? Essa daí deixa o bichinho inteiro, porque não consigo fritá-lo seme despedaçá-lo...

    ResponderExcluir
  4. Olá Dinorah, ha quanto tempo!

    É tão bom sair um pouco da rotina e visitar lugares novos, comer algo diferente, respirar novos ares.

    Gerânios são tão lindos... Eu pessoalmente prefiro amor-perfeito, só é uma pena que onde moro seja muito quente, dificultando seu cultivo.

    ResponderExcluir
  5. Se deu, minha linda, querida e sumida Dinorah!!!
    Desses programas eu fujo a sete pés.
    Eu, que moro na cidade grande, compras, só faço pela manhã, sendo, frequentemente, a primeira freguesa da loja.
    O que eu queria mesmo, era a tua galinha. Queria muito viver numa casa com quintal, pássaros nas árvores, couves no terreno e fruta nas árvores.
    Acabaria por dar menos importância às roupas, à moda, ao look em geral.Aqui, não é possível. Cobram-nos a aparência, mas eu sou muito viva e com pequenos truques faço um figuraço.
    Deixa, agora, que eu repita:
    Tão bom, tão bom, mesmo, ter-te de volta, linda!
    Não vai sumir de novo, promete.
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. encontrei seu blog hoje quando por puro destino vejo seu nome com H no fim....minha melhor amiga cupida do meu casamento tem o mesmo nome e com H tb no fim...nossa que surpresa boa...ela tem apelida de Dina..e vc tb? cheguei no dia de compras....legal seu blog vou acompanhar prazer Dina. bjs

    ResponderExcluir
  7. Uma semana maravilhosa e exageradamente feliz pra ti amiga...

    Que Deus te abençoe...

    Beijos no coração

    ResponderExcluir
  8. Hola querida blogueira....
    Vim lhe pedir um favorzinho...... se você poder divulgue entre sua amigas blogueiras também esse link
    http://wilquidias.blogspot.com/2011/08/carolina-artesanias-211-mi-1-fiesta.html#links.

    Pois dia 31 de Agosto será o dia do blog. vamos fazer algo diferente, dizer como e por que começamos fazer um blog e o quanto ele mudou e acrescentou muitas coisas as nossas vidas, a ideia é bem bacana, por isso vim pessoalmente lhe pedir que se vc poder, por favor divulgue. Desde já obg. bjs

    OBS: MENINAS..Eu deixei esse mesmo texto em muitos blogs que eu sigo, por isso é um texto padrão o mesmo irá pra todas viu? nao deu pra fazer um pedido personalizado, meu dedo começou doer, entao fui pro copiar e colar, espero que entendam. bjs de novo.

    ResponderExcluir
  9. Querida !
    Vim visita-la e a encontro debaixo da lua cheia que também habita aqui, temos o privilégio de te-la refletida na água . Compensa qualquer tipo de vida urbana fale a verdade ! Adoro a Marisa e sei que devo ficar longe dela estes próximos meses porque exagerei no Mastercard com minhas panelas novas - comprei mais depois da de pressão ! hahahahaa Adoro coisas de cozinha, tudo para o meu chef, claro. Beijos e ótimo finalzinho de semana. Jane online

    ResponderExcluir
  10. Minha flor, acabei de receber oteu comentário que me deixou muito feliz!
    Volta sempre.
    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Dinorahhhhh...onde anda você amiga????
    Onde andamos nós? Também sumi, probleminhas domésticos, mas tô voltando aos poucos.
    Saudades de você minha querida.
    Ah saudades da gorducha também.como está a Helga?

    Beijo amiga!

    ResponderExcluir
  12. UM FIM DE SEMANA LINDO E EXAGERADAMENTE FELIZ PRA VC..

    QUE DEUS TE ABEÇOE.

    BEIJOS NO CORAÇÃO !

    ResponderExcluir
  13. Ah e o final não podia ser melhor...pizza ao som das ondas e do coqueiro? Nunca provei pizza assim num lugar que parece mágico mas legal...e eu keria comer uma pizza UBG..RSRS...Depois deitava na areia.
    beijos

    ResponderExcluir
  14. Aaai, que delícia! Eu também quero morar em Marambaia. O tamanho da roupa é o máximo. Eu luto há tempos para sair desse tamanho, mas sempre sucumbo aos chocolates, sorvetes e afins. Odeio fazer compras em lojas cheias. Beijos, linda!

    ResponderExcluir
  15. Dinorah, onde está você agora??????
    Beijo
    Nina

    ResponderExcluir

Fale que Dinorah ouve.